Entretenimento

Ed Sheeran é acusado de plágio em ‘Thinking Out Loud’

De acordo com a Structured Asset Sales, a faixa tem excertos de 'Let's Get It On', cantada por Marvin Gaye



(Foto: Divulgação/Greg Williams)
(Foto: Divulgação/Greg Williams)

O cantor Ed Sheeran foi mais uma vez acusado de plágio. O britânico teria usado trechos da canção Let’s Get It On de Marvin Gaye para compor a balada Thinking Out Loud, de 2014.

De acordo com a empresa Structured Asset Sales, que representa os compositores da música de Marvin, quer uma indenização de US$ 10 milhões. A família do intérprete também quer processar Ed Sheeran. O britânico ainda não se pronunciou sobre o caso.

Thinking Out Loud foi um dos maiores singles da carreira de Sheeran até agora. A faixa ganhou dois Grammy Awards e certificados de platina nos Estados Unidos. No YouTube, a canção soma mais de 2 bilhões de visualizações.

 

NÃO é a primeira vez que

A família de Marvin Gaye acusa um artista de plágio. No início de 2018, foram atrás dos direitos de Blurred Lines, único hit da carreira de Robin Thicke, alegando que na faixa havia trechos de Got To Give It Up.

O tribunal deu causa ganha à família de Gaye. Robin teve de pagar uma indenização de US$ 5,3 milhões.

Compare Thinking Out Loud, de Ed Sheeran, e Let’s Get It On, de Marvin Gaye: