Cidades

Homem suspeito de lançar rojão em jovem na Avenida Paranaíba é preso em Goiânia

O caso aconteceu no feriado de ano novo. A vítima que é de Brasília e passava o feriado na capital teve fratura exposta no pé.



(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A Rondas Ostensivas Municipais (ROMU), grupo de operações especiais da Guarda Civil Metropolitana, prendeu nesta quinta-feira, (4), o suspeito de lançar um rojão em um jovem no feriado de réveillon, na Avenida Paranaíba, no Centro de Goiânia. Os guardas chegaram até o suspeito com a ajuda de imagens de câmeras de segurança.

Os guardas da ROMU foram até as lojas perto de onde aconteceu o crime para buscar imagens das câmeras de segurança na tentativa de identificar o suspeito. Ao sair de uma dessas lojas, eles avistaram o carro com as mesmas características e a mesma placa.
O suspeito identificado como Jefferson Silva, de 22 anos, foi preso na Rua Contorno, em frente ao Parque Mutirama. No carro, os guardas encontraram quatro bombas. O Jovem, que ainda não tinha passagens pela polícia, confessou o crime e foi levado para a Central de Flagrantes.

As imagens da câmera de segurança mostram o momento em que Jefferson passa em frente a distribuidora de bebidas duas vezes tentando jogar o rojão nas pessoas. Na segunda tentativa a bomba feriu Diego Antunes, de 27 anos. Ele teve fratura exposta no pé e foi levado para o Hospital de Urgências de Goiânia onde passou por uma cirurgia. Diego mora em Brasília e estava em Goiânia para passar o feriado na casa de familiares.

O Caso

Na manhã do dia 1 de janeiro de 2018, Diego Antunes, de 27 anos, que veio de Brasília passar o feriado de ano novo com os familiares, em Goiânia. Ele estava em uma distribuidora de bebidas na Rua 24 com a Avenida Paranaíba, na região Central, quando foi atingido por um rojão. Ele teve fratura exposta no pé e foi levado para o Hospital de Urgências de Goiânia, onde passou por uma cirurgia e depois encaminhado para Brasília.