Cidades

Policial militar é morto a tiros no Parque Amazônia

Segundo as primeiras informações, Romão do Amaral Gimenez, de 48 anos, que já trabalhou na Rotam, foi morto após ser abordado na Avenida Jaguaribe com a Rua Montes Claros, no Parque Amazônia



Romão Gimenez, de 48 anos, que já trabalhou na Rotam, foi morto com mais de 10 tiros  (Foto: Reprodução)
Romão Gimenez, de 48 anos, que já trabalhou na Rotam, foi morto com mais de 10 tiros (Foto: Reprodução)

Um soldado da Reserva da Polícia Militar foi executado com vários tiros na noite desta quinta-feira (31) no Parque Amazônia, em Goiânia.

Segundo as primeiras informações, Romão do Amaral Gimenez, de 48 anos, que já trabalhou na Rotam, foi morto após ser abordado na Avenida Jaguaribe com a Rua Montes Claros, no Parque Amazônia, por suspeitos que estavam em um Honda Civic branco.

De acordo com a PM, o policial teria reagido a uma tentativa de assalto e acabou sendo atingido por mais de 10 tiros. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Após o crime, os suspeitos fugiram tomando rumo ignorado.

A princípio, os criminosos levaram apenas a pistola do policial, mas deixaram para trás a motocicleta em que ele estava. Equipes de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) estão nesse momento fazendo buscas pelos suspeitos.

Imagens feitas por um leitor do Mais Goiás mostram o carro onde estavam os suspeitos deixando o local do crime.

Aguarde, essa matéria está sendo atualizada.

Publicidade